Alda Toscano | Estilista e Design de Moda | Blog

10 de julho

Como segurar o bouquet?

Levar um buquê não é uma tarefa tão simples quanto parece.

Não estamos acostumadas a carregar ramos de flores todos os dias. Por isso, é normal que a noiva se sinta um pouco estranha no seu casamento, quando têm um nas mãos. E essa sensação se intensifica na pior hora possível, aquela em que você caminha em direção ao altar e tem todos os olhos e flashes voltados para si. Aí aquele pensamento percorre a mente: “o que faço com o ramo? Como devo segurá-lo?”

Caso esteja segurando um buquê, levante-o com o polegar e o indicador o mais alto que puder, para suportar o peso das flores. O resto dos dedos ficarão fechados em volta dele, sem estar apertados. Nunca segure-o pelo meio da haste ou pelo final, nem com as duas mãos, a não ser para posar para uma foto. Neste caso, lembre-se de fazê-lo de modo suave, com as mãos relaxadas, sem estrangular o buquê.

Se o ramo é do tipo vara, apoie a parte das flores no antebraço e o caule sobre as costas das mãos semi-abertas, tanto na hora de caminhar, quanto ao sentar. Este tipo de arranjo só pode ser segurado desta forma, com a mão direita, exceto no momento das fotos, quando pode ser carregado com as duas mãos.

A melhor forma de levar um buquê é de lado, na altura da cintura, de forma que as flores olhem sempre para frente. Imagine que está desenhando um triângulo com o corpo, deixando os cotovelos flexionados e ao mesmo tempo relaxados.

Quando caminhar em direção ao altar, leve-o na mão esquerda, já que terá companhia de seu pai ou outro acompanhante do lado direito. Mude-o de mãos ao encontrar seu noivo, que estará posicionado à sua esquerda.

Enquanto assina os papéis, apoie o buquê sobre o altar, com as flores voltadas para os convidados. Na hora das fotos, segure o ramo de forma a ficar com uma mão livre para colocar na cintura ou segurar o véu. Quando caminhar não deixe que o buquê fique caído em suas mãos, com as flores olhando para baixo.

Se estiver insegura, simule essas situações em frente ao espelho de casa, com um ramo de flores qualquer. O que não pode faltar jamais é a segurança em si mesma, que se reflete na postura, no olhar e no sorriso! Com isso, você já sai ganhando.

  • 0 COMENTÁRIO
COMPARTILHE

QUERO COMENTAR